Candidaturas Abertas para o Cheque Formação - Apoios para a formação profissional até 90% - Forvisão - Formação e Consultoria - Forvisão - Formação e Consultoria

T +351
Go to content

Main menu:

Candidaturas Abertas para o Cheque Formação - Apoios para a formação profissional até 90%

Published by in Noticias em destaque · 7/10/2015 17:03:00

Estão abertas as candidaturas ao Cheque Formação. Esta medida visa reforçar a qualificação e a empregabilidade, através da concessão de um apoio financeiro pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP, I.P.), às entidades empregadoras cujos trabalhadores frequentem percursos de formação ajustados e direcionados às necessidades das empresas e do mercado de trabalho.
 
As candidaturas funcionam em regime aberto e podem ser apresentadas desde o passado dia 6 de outubro de 2015, através do portal Netemprego - www.netemprego.gov.pt, sendo necessário o registo prévio do titular da candidatura.
 
OBJETIVOS
a) Contribuir para a melhoria da produtividade e competitividade das empresas, através do  reforço da qualificação profissional dos seus trabalhadores, em especial dos menos qualificados;

c) Incentivar os percursos de aprendizagem ao longo da vida, bem como o desenvolvimento pessoal dos ativos empregados;

d) Corresponsabilizar as entidades empregadoras e os ativos empregados na procura de respostas de formação que promovam a melhoria dos desempenhos profissionais;

e) Potenciar o ajustamento entre a oferta e a procura de formação, imprimindo uma nova dinâmica nos operadores de formação.
 
BENEFICIÁRIOS
  • Ativos empregados, com idade superior ou igual a 16 anos, independentemente do seu nível de qualificação, cujas candidaturas podem ser apresentadas pelos próprios ou pelas respetivas entidades empregadoras;

  • Desempregados inscritos no IEFP, I.P. há, pelo menos, 90 dias consecutivos, com idade igual ou superior a 16 anos, detentores do nível 3 a 6 de qualificação. A formação a apoiar deve corresponder ao definido no Plano Pessoal de Qualificação (PPQ), obtido na sequência de um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) profissional.

APOIOS FINANCEIROS
Ativos empregados
O apoio a atribuir, por trabalhador, considera:
A duração máxima de 50 horas de formação, no período de dois anos;
Um valor/hora de € 4, num montante máximo que poderá atingir os € 175, sendo que o apoio a atribuir não pode exceder 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Desempregados
Os desempregados que frequentem percursos de formação com uma duração máxima de 150 horas de formação, no período de dois anos, têm direito a um apoio financeiro correspondente ao valor total da ação de formação, comprovadamente pago, até ao montante máximo de € 500.

Consulte aqui o Regulamento Específico



Notícias por mês
Back to content | Back to main menu